Fada na educação

Vire uma fada e faça seus alunos se movimentarem na sala de aula

Fada

Na Educação Infantil muitas competências têm de ser desenvolvidas, entre elas a consciência do corpo como meio de comunicação consigo mesmo e com o espaço – e em estado estático e em movimento. Essa é a definição de “esquema corporal”, que supõe uma boa evolução da motricidade, das percepções espaciais e temporais, e da afetividade.

Por isso, trabalhar o esquema corporal tem de ser uma constante na vida escolar por meio de atividades que envolvam todo o corpo ou parte dele, o controle dos movimentos, o seu equilíbrio e a sua expressão.

Pensando nisso, a professora de Dança Educacional em escolas de Educação Infantil na cidade de São Carlos e bailarina, Nani Chefaly, tentou unir a contação de histórias ao trabalho de esquema corporal, explorando não só a parte física das crianças, mas a imaginação. Além do mais, aprender brincando é muito mais gostoso, não é?

Dessa forma, ela criou a própria historinha e desenvolveu uma atividade “em cima” desse faz de conta.

A fada madrinha e os bonequinhos de pau

“Era uma vez, no mundo dos pequenos de pau, uma casa com muitos bonequinhos, mas o que
se observava é que eles estavam muito tristes.
E sabem por quê? Eles não podiam se movimentar e isso os deixavam muito tristes.
Mas, um dia, eis que surge uma fada. E a fada madrinha, com sua varinha de condão, resolveu
realizar todos os sonhos dos lindos bonequinhos.
E começou fazendo o primeiro feitiço com sua linda varinha de
condão, dando movimentos aos pés e dedos dos bonequinhos, e eles
começaram a mexer seus pezinhos.
Em seguida, ela fez mais uma feitiço, pois percebeu que ainda não estavam
felizes, e então, foi a vez das pernas dos bonequinhos, depois, o quadril e o
bumbum, a barriga, braços, mãos e dedos, ombros, pescoço e cabeça.
E, finalmente, eles mexeram o corpo todo, e todos, muito
felizes, agradeceram a fada madrinha e saíram dançando e cantando,
movimentando-se por toda a casa felizes para sempre!”

Atividade com a história

1. Cartazes feitos de cartolina com imagens dos principais acontecimentos da historinha.

2. Sente as crianças em roda e mostre os cartazes como se fosse um livrinho e contando a história.

3. Após contar a historinha, peça a eles para que deitem no chão e fechem seus olhos e finjam ser os bonecos de pau.

4. A professora coloca seu chapéu de fada e pega sua varinha de condão e, ao som de uma música bem suave, dramatiza a história com as crianças.

5. No final da atividade todos dançam ao som de uma música bem alegre.

Adaptado de Revista Guia Prático do Professor – Educação Infantil Ed. 162

Da Redação | Fotos Arquivo 2d | Adaptação web Isis Fonseca