Brinque de teatro com os pequenos

Como ensinar os seus alunos a interpretar uma história e, depois, fazer um filme ou uma mostra sequencial de fotos com ela

Da Redação | Fotos: Itaci Batista | Adaptação web Caroline Svitras

Segundo a pedagoga e intérprete de Libras Giovana Gonçalves, as atividades de dramatização no espaço escolar possuem um fator conceitual e dão oportunidade à criança de vivenciar situações que possibilitam a construção do conhecimento amplo. Viver uma história, imitar, simular, reflete-se na própria ação e é uma forma de dividir e colaborar com o grupo.

 

Essa forma lúdica de aprender tem intensos efeitos no amadurecimento das crianças. Tais atividades conduzem ao aumento do poder de análise e síntese, permitindo o exercício da associação de conceitos, da organização de ideias, da disposição corporal e do pensamento. “As dramatizações dão ainda às crianças uma chance real de brincar com outras possibilidades de ser e de agir, favorecendo a formação de identidade e mostram, na prática, a importância dos valores, as consequências das atitudes e, acima de tudo, desenvolvem a cooperação e a habilidade no trabalho em grupo”, afirma Giovana.

 

A professora também diz que nesse tipo de atividade pode ser trabalhado a inclusão: tanto o tema, quanto a própria inclusão do aluno que tenha algum tipo de deficiência (física ou psíquica). “Afinal, estamos nos referindo ao mundo da dramatização, onde tudo é possível”, ressalta ela.

 

Desenvolvimento

O primeiro passo é a escolha do tema e, após isso, a elaboração da história. É possível também a utilização de uma história já existente. No caso de inclusão é uma boa ideia realizar a adaptação do texto. A próxima etapa será a distribuição dos papéis e a produção dos figurinos e dos cenários. Giovana sugere que se observe o espaço da escola para que, assim, sejam mais bem utilizados os cenários naturais. Ela ainda alerta para que haja a participação de todos em todas as etapas, pois as crianças precisam se sentir parte de tudo.

 

Finalização

Para fechar o projeto, o professor tem duas opções: uma é imprimir as imagens e realizar uma mostra para os pais e para a escola, e a outra é usar as fotos para constituir um vídeo e realizar um cine para toda a escola e os pais.

 

Confira mais dicas na revista Guia Prático do Professor – Educação Infantil. Garanta a sua aqui!

Guia Prático do Professor – Educação Infantil Ed. 121