Avental da imaginação

Um artigo simples, encontrado em qualquer cozinha, vira acessório de ensino na sala de aula

Da Redação | Foto Divulgação | Adaptação web Isis Fonseca

Avental da imaginação

Sabe aquele avental que você usa nas aventuras pela cozinha? Ele pode servir como ferramenta para uma atividade com os seus alunos. A professora Simone Simões, da Escola Municipal Nazinha Conrado Silva, Vespasiano (MG), desenvolveu um projeto que trabalha a imaginação das crianças, o teatro, e utiliza um avental como cenário para as passagens da história.

Os Três Porquinhos, bem conhecido pelos pequenos, foi o conto escolhido pela professora. Segundo ela, mesmo contando e recontando essa mesma história a cada atividade diferente, os alunos se entusiasmam em participar.

“Mesmo que já tenha trabalhado a história previamente, quando a reconto com o avental, os alunos ficam vidrados, pois uma coisa é eles verem o livro com gravuras, e outra é eles participarem interagindo com os personagens”, explica.

Objetivos da atividade

  • Trabalhar os contos infantis com alunos;
  • Usar novos cenários para a contação de histórias;
  • Estimular a imaginação e a criatividade;
  • Desenvolver a oralidade e a alfabetização.

Faixa etária: a partir de 4 anos.

Como realizar a atividade

  1. Conte a história de Os Três Porquinhos com um livro grande e colorido.
  2. Peça para as crianças nomearem os nomes dos porquinhos.
  3. Os alunos devem recontar a história da maneira deles.
  4. Peça para que registrem a história em uma folha por meio de escrita espontânea, e com desenhos, tudo o que entenderam dela.
  5. Após ter trabalhado a história por cerca de uma semana, conte a história novamente usando o recurso do “avental da imaginação“.
  6. Coloque um avental vermelho e, nele, escreva: “Era uma vez…”
  7. Comece a história com um preâmbulo: A professora diz: “História, história, história.” Os alunos respondem: “Agora, agora, agora.” A professora questiona: “História, história, história?” Os alunos respondem: “Agora, agora, agora!”
  8. Ponha um segundo avental e vá colocando casinhas de cada porquinho, feitas de TNT, conforme você conta a história.
  9. Faça também a carinha dos três porquinhos com cartolina colorida e, depois, prenda a cabeça em um palito de churrasco.
  10. Conforme conta a história, peça para que os alunos interajam fazendo imitações dos personagens: imitem o som do lobo batendo na porta, façam o sopro do lobo ou barulhos com os pés imitando os porquinhos correndo, e assim por diante.
  11. Quando terminar a contação, permita que os alunos tenham contato com os personagens da história e deixe-os à vontade para imaginar e criar historinhas usando eles.
  12. Depois de mais ou menos uma semana, comece a conversar com eles sobre a ideia de montar um teatro a respeito do conto Os Três Porquinhos.
  13. Deixe-os ensaiar por duas semanas e faça uma apresentação para toda a escola.

Revista Guia Prático do Professor – Educação Infantil Ed. 112

Tenha acesso a atividades novas e criativas mensalmente através da Revista Guia Prático do Professor – Educação Infantil!